quarta-feira, 2 de abril de 2008

Ainda não foi desta vez


Os servidores da prefeitura receberam um reajuste nos seus vencimentos básicos de 2,26%. O aumento foi aprovado pela Câmara de Vereadores na sessão transcorrida ontem (01/4).
Na mesma sessão, também foi aprovado um reajuste no básico dos servidores do Poder Legislativo de aproximadamente 20%, mais a equiparação de 2,26%.
O vereador Batista (PDT) foi o único a votar contra o aumento dos servidores da Câmara, com a alegação de que isto criaria uma disparidade muito grande entre os salários pagos pelos dois poderes.
Alguém deve ter esquecido de avisar ao vereador pedetista de que a Câmara é um poder independente, e esta iniciativa da Mesa diretora é um importante passo para afirmar esta condição.
Ao invés de tentar criar um desconforto entre os servidores dos dois poderes, em decorrência deste percentual diferenciado de aumento, o vereador deveria ter usado sua influência para defender um aumento no mesmo percentual para os servidores do executivo municipal. No que tange ao quadro de pessoal, a Câmara parece fazer o seu “dever de casa”, e o Poder Executivo está com suas promessas em dia?

Nenhum comentário:

Para pensar

Todo mundo, alguém, qualquer um e ninguém Esta é uma história de quatro pessoas: TODO MUNDO, ALGUÉM, QUALQUER UM e NINGUÉM. Havi...