terça-feira, 8 de abril de 2008

Nota da Executiva Municipal do PT




A direção Executiva do Partido dos Trabalhadores reafirma, através desta nota pública, a decisão do Partido de disputar as eleições municipais deste ano com candidatura majoritária própria;

A Executiva do PT reafirma também as pré-candidaturas dos companheiros Roque Oliveira e Jorge Mattos, a dupla escolhida para formar a chapa majoritária como candidatos a prefeito e vice-prefeito, respectivamente; sendo que tal decisão ainda não foi oficializada apenas porque a convenção partidária precisa ser agendada entre 10 e 30 de junho;

A Executiva do PT torna público que a escolha das pré-candidaturas majoritárias e proporcionais do Partido obedeceu a todos os trâmites previstos no Estatuto Partidário, sendo que a decisão final foi precedida de um longo e democrático processo de debates no interior do Partido, até que a unanimidade do Diretório Municipal oficializasse tanto a escolha pela candidatura própria quanto a indicação dos pré-candidatos;

A Executiva do PT informa, ainda, que os debates internos foram amplamente divulgados no interior do Partido. Portanto, nenhum filiado ou filiada está autorizado a assumir cargos na atual administração nem estabelecer qualquer tipo de negociação na perspectiva eleitoral em nome do Partido. Esta é uma atribuição da direção Executiva, devidamente autorizada pelo Diretório. No caso de algum filiado ou filiada caminhar nesta direção anti-democrática e anti-partidária, será aberto processo disciplinar, nos termos estabelecidos pelo Estatuto Partidário;

O Partido dos Trabalhadores, através da sua direção Executiva, reafirma seu compromisso com os princípios democráticos, bem como sua disposição de trabalhar incessantemente por um Herval mais fraterno, mais cristalino e mais feliz, com uma administração séria, eficiente e transparente, capaz de oferecer mais e melhores oportunidades para a nossa gente.


Herval, 08 de abril de 2008.




FARID MAHFUS
Presidente


CHICO GONÇALVES
Vice-Presidente

Nenhum comentário:

Para pensar

Todo mundo, alguém, qualquer um e ninguém Esta é uma história de quatro pessoas: TODO MUNDO, ALGUÉM, QUALQUER UM e NINGUÉM. Havi...