Sobre o Blog do Toninho

O Blog busca retratar coisas da vida interiorana e do meu interior, numa abordagem que mistura reflexão, notícias, riso, poesia, musicalidade, transcedentalidade e outras "cositas más". Tudo feito com produções próprias, mas também com a reprodução do pensar ou do sentir dos grandes gênios que o país e a humanidade pariram.

sábado, 30 de junho de 2012

Governo lança medida estruturante para enfrentar estiagem




Secretário Lara anuncia construção de 3241 cisternas na Metade Sul do Estado

Com o objetivo de amenizar os prejuízos causados devido à estiagem, aconteceu, nesta segunda-feira (25), a assinatura dos convênios que permitirão a construção de 3241 cisternas na Metade Sul do Estado, para captar e armazenar água da chuva em propriedades rurais. A iniciativa, coordenada pela Secretaria do Trabalho e do Desenvolvimento Social (STDS), que tem como titular o secretário Luís Augusto Lara, irá beneficiar os municípios de Aceguá, Amaral Ferrador, Bagé, Cerrito, Herval, Hulha Negra, Jaguarão, Lavras do Sul, Pedras Altas, Pedro Osório, Pinheiro Machado e Santana do Livramento, totalizando um investimento de R$ 6.976.900,70. 

De acordo com o secretário Lara, a articulação entre os governos Federal e Estadual foi fundamental na busca de recursos para o Estado. “Estes investimentos irão beneficiar os municípios, melhorar a qualidade de vida das pessoas, e, deste modo, proporcionar o desenvolvimento social”. Lara evidencia, ainda, que esta foi a primeira vez que o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) lançou um edital específico para um Estado do Sul, que estava em situação de calamidade pública devido à falta de chuvas. 

“Este programa era implementado somente nas regiões Norte e Nordeste do país, em decorrência da seca. As exigências técnicas do MDS determinaram a formulação de um plano de trabalho extenso e complexo, o que permitirá a construção destas 3241 cisternas no Rio Grande do Sul. Mesmo sendo inovador e complexo, há a disposição e vontade para implantarmos definitivamente este programa no Sul do Brasil”, esclareceu o secretário, que também agradeceu a confiança de todos os gestores municipais que acreditaram no Projeto. Também participaram do evento, a Secretária Chefe da Casa Civil Adjunta, Mari Perusso, a coordenadora do RS Mais Igual, Paola Carvalho, o assessor da Secretária Geral de Governo, Marcelo Albuquerque, além de representantes da STDS e vinculadas. 



Tecnologia social gerando renda e melhores condições de vida 


O Projeto de Construção de Cisternas, desenvolvido em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), tem como público alvo as famílias de agricultores de baixa renda residentes em áreas rurais dos municípios prejudicados pela seca. Além disso, é necessário possuir perfil para ser inserido no Cadastro Único para os Programas Sociais do governo Federal. 

A tecnologia social aplicada à construção das cisternas fará com que as mesmas sejam construídas em regime de capacitação, qualificação e utilização de mão de obra identificada entre os próprios agricultores, possibilitando a geração de trabalho e renda nos municípios. O Estado, por intermédio da contrapartida, efetivará a contratação de empresa responsável pelos cursos de qualificação e capacitação nas seguintes áreas: pedreiro instrutor, pedreiro construtor, gestão de recursos hídricos para beneficiários, e gestão de recursos hídricos para agentes de saúde. Os beneficiários também serão capacitados para o correto e saudável manejo da água, o que também irá contribuir para a garantia da Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável do público alvo. O edital para contratação de empresa, por meio de pregão eletrônico, foi aberto na última quinta-feira (21). 


Texto: Bruna Bueno
Fotos: Silvio Williams




Secretário de Planejamento representa Herval na assinatura do convênio

No ato de assinatura do convênio do projeto das cisternas, o município de Herval foi representado pelo Secretário de Planejamento e Meio Ambiente, Toninho Veleda. Na ocasião, ao ser convidado pelo Secretário Lara a usar a palavra Toninho cumprimentou o governo do estado e toda a equipe da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social pela iniciativa. Ele ainda argumentou que "o projeto é necessário e desafiador. Desafiador porque carrega um elemento pedagógico muito forte, uma vez que se trata de uma iniciativa pioneira na qual o poder público vai ter que aprender a fazer fazendo e, ao mesmo tempo, criar as condições para que os beneficiários apreendam esta tecnologia de armazenamento de água. Necessário porque a nossa região vem sendo muito castigada pelas sucessivas estiagens e cabe ao poder público oferecer soluções estruturantes, e não apenas emergenciais, justamente o proposito deste projeto", concluiu.


O convênio prevê um repasse a Herval no valor de R$ 1.076.350,00 e os primeiros passos para a construção das 500 cisternas poderão ser dados antes mesmo do início do período eleitoral.


Nenhum comentário:

Momento poético

A FALTA QUE AMA Entre areia, sol e grama o que se esquiva se dá, enquanto a falta que ama procura alguém que não ...