Sobre o Blog do Toninho

O Blog busca retratar coisas da vida interiorana e do meu interior, numa abordagem que mistura reflexão, notícias, riso, poesia, musicalidade, transcedentalidade e outras "cositas más". Tudo feito com produções próprias, mas também com a reprodução do pensar ou do sentir dos grandes gênios que o país e a humanidade pariram.

terça-feira, 16 de abril de 2013

Autoridades, técnicos e produtores locais visitam Canguçu



O Secretário de Planejamento e Meio Ambiente, Toninho Veleda, visitou o município de Canguçu no último dia 8, acompanhado do Secretário Adjunto de Agropecuária, Deomar Schafer, do médico-veterinário da referida Secretaria, Paulo Cezar Pereira e de produtores do município que atuam na agroindústria do assentamento 18 de Maio. Na ocasião, a comitiva hervalense foi recebida pelos técnicos responsáveis pelo Serviço de Inspeção Municipal – SIM do citado município.

A visita teve como objetivo conhecer o trabalho desenvolvido naquele município, envolvendo diferentes produtores, no âmbito da criação de galinhas poedeiras e da classificação de ovos coloniais, como também da agroindústria de peixes e frangos.

O Secretário ainda visitou a Secretaria de Meio Ambiente de Canguçu, no intuito de colher informações sobre as medidas, o funcionamento e a estrutura técnica e material necessária para que o município possa assumir a responsabilidade pelos 
licenciamentos ambientais de impacto local, no caso de Herval realizados atualmente pela Fepam e que se configura num dos principais entraves para que os pequenos produtores locais possam comercializar sua produção com a devida certificação de respeito às normas ambientais.

A intenção, portanto, foi conhecer experiências bem-sucedidas em termos de produção e da agroindústria familiar, visando colher informações tanto para auxiliar no trabalho dos produtores quanto para contribuir na organização da Secretaria Municipal de Agropecuária, sobretudo no que se refere à estruturação do SIM.

Segundo Toninho, essa troca de experiências é fundamental, uma vez que possibilita conhecer iniciativas que podem ser replicadas ou adequadas a nossa realidade, de modo a abrir portas para o incremento de novas técnicas produtivas em nossa agropecuária familiar ou mesmo novos horizontes para a industrialização desses produtores, com o devido respeito ao meio ambiente e a garantia da sanidade dos produtos.


Nenhum comentário:

Ato político

O “diabo” nunca mostra sua verdadeira face feia e assustadora. Para atingir seus objetivos macabros, normalmente o mal se apresenta com...