Sobre o Blog do Toninho

O Blog busca retratar coisas da vida interiorana e do meu interior, numa abordagem que mistura reflexão, notícias, riso, poesia, musicalidade, transcedentalidade e outras "cositas más". Tudo feito com produções próprias, mas também com a reprodução do pensar ou do sentir dos grandes gênios que o país e a humanidade pariram.

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Extra Extra!





A Coluna Espeto corrido de hoje, publicada na página 12 do jornal Diário Popular, veicula informação relativa ao trânsito em julgado de processos os quais responde o ex-prefeito Marco Aurélio Camarão, por conta de irregularidades apontadas na sua administração à frente da prefeitura de Herval, entre os anos 2005 e 2008. Pela relevância do assunto no que tange a nossa vida administrava e política, reproduzo aqui a íntegra da matéria assinada pelo articulista José Ricardo Castro:





·         Problema
Ex-prefeito de Herval, Marco Aurélio Gonçalves da Silva (PDT), também conhecido como Camarão, recebe duas condenações do Poder Judiciário. Por atos de Improbidade Administrativa. Além da devolução de recursos ao Erário Municipal, está com seus direitos políticos suspensos por oito anos. Também não pode fazer contratos com o Poder Público por cinco anos.

·         Problema II
Camarão sofreu ações civis públicas propostas pelo Ministério Público por dilapidação do patrimônio público e por má aplicação de valores recebidos do governo do Estado em sua administração (2004/2008). A devolução de dinheiro é de R$ 2.876,17 acrescidos de correção monetária e juros de mora de 1% desde 22 de julho de 2009. Não cabem mais recursos.

·         Problema III
Camarão já havia sido condenado em outros três processos por Improbidade Administrativa em razão de perseguição política, dispensa ilegal de licitações e indevida aplicação e não prestação de contas de verbas repassadas ao município pelo Incra. Tem ainda outras três ações civis públicas e quatro processos criminais quer na atuação como prefeito quer crime contra a administração.

·         Problema IV
Camarão, além dos processos acima citados, responde a execuções judiciais em razão de multas estabelecidas pelo Tribunal de Contas. Valor: mais de R$ 400 mil decorrentes de outros dois processos.

Nenhum comentário:

Momento poético

A FALTA QUE AMA Entre areia, sol e grama o que se esquiva se dá, enquanto a falta que ama procura alguém que não ...