Sobre o Blog do Toninho

O Blog busca retratar coisas da vida interiorana e do meu interior, numa abordagem que mistura reflexão, notícias, riso, poesia, musicalidade, transcedentalidade e outras "cositas más". Tudo feito com produções próprias, mas também com a reprodução do pensar ou do sentir dos grandes gênios que o país e a humanidade pariram.

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Um pouco de história...



Herval, Sentinela da Fronteira


O nome do município origina-se da erva-mate encontrada em abundância nas matas quando da sua colonização. Na época era grafada com “h”. Poucos anos depois, sem os cuidados com a reposição ou extermínio, havia sido dizimada toda a vegetação nativa daquela árvore, hoje grande fonte de renda em outras regiões.
É o povoado mais antigo pertencente ao então município de Rio grande, que abrangia a região Sul do Estado.
Em outubro de 1777, Portugal e Espanha, firmaram um convênio que recebeu o nome de Tratado Preliminar de Restituições Recíprocas, destinado a demarcar os limites entre possessões de um e outro. Por esse tratado, o Rio Piratini e seu afluente Arroio Basílio limitaram as possessões dos dois países. Sendo este arroio o limite norte do atual município de Herval, ficava o mesmo, portanto, pelo tratado de 1777, sob o domínio espanhol. Porém, Rafael Pinto Bandeira, que ficara encarregado de guarnecer a fronteira estipulada pelos demarcadores, insistiu em fazer avançar até o Rio Jaguarão o domínio lusitano. Com esse objetivo, em meados de 1971, na margem direita do Arroio Herval, foi iniciada a construção de uma igreja, um quartel e um quadro de trincheiras. Aí estava, em pleno domínio adversário, o que seria o núcleo da atual cidade de Herval. Em meio a algumas escaramuças que esporadicamente ocorriam, o povoado foi crescendo.
No dia 18 de janeiro de 1825, o povoado foi elevado à Freguesia.
Pela Lei nº. 757, de 04 de maio de 1871, foi elevado à categoria de município.
A sede foi elevada à categoria de Vila em 20 de maio de 1881, pela Lei Providencial nº. 1326. E, pelo Decreto-Lei nº. 311, elevada à categoria de cidade em 02 de março de 1938. (Fonte: material informativo produzido pela Secretaria Municipal de Cultura, Turismo, Desporto e Lazer, em 2010)

Nenhum comentário:

Ato político

O “diabo” nunca mostra sua verdadeira face feia e assustadora. Para atingir seus objetivos macabros, normalmente o mal se apresenta com...