Sobre o Blog do Toninho

O Blog busca retratar coisas da vida interiorana e do meu interior, numa abordagem que mistura reflexão, notícias, riso, poesia, musicalidade, transcedentalidade e outras "cositas más". Tudo feito com produções próprias, mas também com a reprodução do pensar ou do sentir dos grandes gênios que o país e a humanidade pariram.

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Licença poética...



Peço licença novamente para entregar-lhes mais algumas palavras simples e sutis, arrancadas do fundo do baú do meu ser e inspiradas na minha musa imaginária...


Dás-me vontade de reviver meus tempos de infância.
Mas como o tempo não aprendeu a andar para trás, permito-me escrever-te palavras ternas e despudoradas, como uma brincadeira de criança:

É impossível, eu sei. E a impossibilidade não é um detalhe tão pequeno entre nós dois.
Mas pior que a impossibilidade de te ter por inteiro, seria a impossibilidade de te ter perto.

Tua presença me perturba e atrai.
Tua pele me arde e aquece e queima.
Encantas-me como gente e como mulher.

Na falta de uma fresta para extravasar meu sentimento por ti,
resigno-me em poder apanhar as migalhas do teu ser, e elas me gastam.
Elas também me bastam para dar corpo ao poeta que se esconde dentro de mim.

Coisas de menino travesso. Sabes como é!

3 comentários:

Anônimo disse...

Coisas de menino, coisas de menina

Quando em sonhos volto-me ao passado, revivo minha infância, vem a ânsia, a saudade a prosperidade de um mundo repleto de alegria; ah, que maravilha seria!
Acordo e vejo que a vida é esta euforia que vira, mexe e vive-se a fantasia, fantasia de ser feliz.
E, ao ler poemas lindos, fascinantes, faz-me ficar contente e seguir em frente, pois, através deles viajo em pensamentos e desperto meus sentimentos que mesmo mexidos ficam escondidos para não serem confundidos e mal entendidos.
AH. Oh Deus! Preserve seres como esses poétas que nos alegram em momentos de guerra, "guerra de tudo".
Oh, mundo perverso. Reserve poétas como esse.

blog do Toninho disse...

Belas palavras! Pena que tal verve tão inspirada me surja escondida atrás do manto do anonimato. Digo pena não apenas pela minha insana curiosidade, mas pelo mundo das palavras que merece conhecer melhor as cores e o brilho desta pena.
Grato e grande abraço!!!

blog do Toninho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

Valorizar os diferentes é o que faz a diferença

Em muitos aspectos, sempre comparo a política ao futebol. Assim como no futebol, entendo que na política e na administração pública...