Sobre o Blog do Toninho

O Blog busca retratar coisas da vida interiorana e do meu interior, numa abordagem que mistura reflexão, notícias, riso, poesia, musicalidade, transcedentalidade e outras "cositas más". Tudo feito com produções próprias, mas também com a reprodução do pensar ou do sentir dos grandes gênios que o país e a humanidade pariram.

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Licença poética...


Peço licença para entregar-lhes mais algumas palavras simples e sutis, arrancadas do fundo do baú do meu ser...


Pensando bem, é preferível que me queiras mal, a não me quereres de jeito nenhum...

************************************************************************

Não há mal que sempre dure nem mel que nunca se acabe.

************************************************************************

Se não existisses deverias ser inventada.
Mas existes, pro bem dos meus dias e da poesia!

************************************************************************

Nem sabes como sofro com esse frio.
Ainda bem que o meu coração se aquece por ti.

************************************************************************

Eu preciso dizer que te amo.
Não este amor de pele, de cama, de calor insuportavelmente frio.
Te amo como se ama as plantas que brotam em meu peito e o mar que molha minha alma que se levanta por te amar.

Nenhum comentário:

Momento poético

A FALTA QUE AMA Entre areia, sol e grama o que se esquiva se dá, enquanto a falta que ama procura alguém que não ...