terça-feira, 16 de maio de 2017

Licença poética



Peço licença novamente para entregar-lhes outras palavras simples e sutis, arrancadas do fundo do baú do meu ser e inspiradas na minha musa imaginária...


Tenho três desejos que espero que o gênio da lâmpada venha realizar:

Entrar na tua cabeça e saber tudo que se passa lá.
Penetrar teu coração e encontrar dentro dele um canto para morar.
Adentrar as janelas do teu corpo e descobrir aonde teu prazer vai dar.

Nenhum comentário: