sexta-feira, 24 de março de 2017

Licença poética


Peço licença novamente mais para entregar-lhes outras palavras simples e sutis, arrancadas do fundo do baú do meu ser e inspiradas na minha musa imaginária...


Vontade de pegar no teu pé...
Nas tuas mãos
No teu cabelo
Na tua cintura
No teu rosto
No teu gogó
Nos teus pelos
Nas tuas curvas
No canto do teu riso
No teu corpo inteiro
e em cada parte que te faz toda perfeita.

Nenhum comentário: