quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Autorretrato


“Não me esperem para a colheita, estarei sempre a semear”.

Nenhum comentário:

Licença poética

Oração Dai-me a alegria Do poema de cada dia. E que ao longo do caminho Às almas eu distribua Minha porção de poesia Sem que ela di...