segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Hospital recebe verbas atrasadas e mantém seu funcionamento



Por ter recebido as receitas atrasadas referentes ao ano de 2014, do Governo do Estado, o Hospital Nossa Senhora da Glória, de Herval, poderá continuar mantendo o atendimento aos pacientes.
A informação é do presidente Alfeu Fernando Pereira, que disse ter recebido um pouco mai de R$ 94 mil para assim pagar as dívidas da instituição. “Nossa prioridade é saldar os débitos com os fornecedores e os salários dos funcionários e médicos que estavam atrasados”, conta Alfeu. Indagado de como fazia para manter o hospital em funcionamento, o presidente conta: “pagávamos em um mês as contas mais atrasadas e no outro trocávamos os pagamentos para as que ainda não tinham recebido no mês anterior”, diz Alfeu. “O que ainda nos mantinha eram os repasses municipal de R$ 48 mil e R$ 13,3 mil do Estado, porém nosso custo mensal é de R$ 60 mil”, explica Pereira.
Todo o esforço para manutenção do hospital foi graças à parceria da administração municipal, através da secretaria da Saúde, que se mobilizou junto a Famurs e vereadores municipais, participando de manifestações e protestos para assim liberar as verbas atrasadas dos hospitais de pequeno porte. “Agradecemos, em nome da diretoria do hospital, ao prefeito Ildo Sallaberry, ao vice-prefeito Luiz Alberto Perdomo, ao Secretário da Saúde, Carlos Dioner Azambuja, aos vereadores envolvidos, assim como os funcionários da Saúde que reivindicaram a favor desta causa, para assim mantermos os serviços de saúde à comunidade hervalense”, conclui Alfeu.
A partir de agora, as metas da diretoria do hospital é a renovação de contrato com o município, nova contração de psiquiatra, geriatra e leitos de cuidados prolongados, assim como serviços de laboratório de análises clínicas e espera pela certificação de filantropia, a qual é aguardada há cinco anos.

TEXTO: Nívea Bilhalva de Oliveira
Publicado orignalmente no site da prefeitura: www.herval.rs.gov.br

Nenhum comentário: