Sobre o Blog do Toninho

O Blog busca retratar coisas da vida interiorana e do meu interior, numa abordagem que mistura reflexão, notícias, riso, poesia, musicalidade, transcedentalidade e outras "cositas más". Tudo feito com produções próprias, mas também com a reprodução do pensar ou do sentir dos grandes gênios que o país e a humanidade pariram.

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Licença poética


Peço licença novamente para entregar-lhes mais palavras simples e sutis, arrancadas do fundo do baú do meu ser e inspiradas na minha musa imaginária...

 

Quem dera viver fosse desfrutar do teu amor
e passear aceso pelas curvas do teu corpo...

Mas a vida é mais e menos que estar contigo,
mesmo que te ver seja tudo que preciso para viver.

A vida é feita de urgências, contas a pagar, estorvos,
estornos no banco, pressa e pressões, fome e sede,
cansaços que roubam o calor dos abraços.

A vida pede pão, líquidos, paz, arte, mel e melodias.
Estar no mundo é um misto de luz e imundícies,
sorrisos e insanidades, carícias e tapas na cara.

O fato é que me fazes feliz e tudo ter sentido e graça.
Tua falta me faz perder o fogo, o fôlego, o afeto e o foco.
Tua alma presente me mostra que a vida é infinda e rara.

O bom da vida são os desafios, a alegria das crias e uma
mulher linda ao lado para mitigar a correria do dia a dia...

Aliás, o dia hoje foi corrido e não te tenho aqui comigo!
Meu coração dispara, contando as horas para te encontrar.
Penso em ti e sinto a alma leve e louca por te amar.

Nenhum comentário:

Momento poético

A FALTA QUE AMA Entre areia, sol e grama o que se esquiva se dá, enquanto a falta que ama procura alguém que não ...