segunda-feira, 20 de junho de 2011

A palavra é gente



Apelo uma vez mais à sensibilidade da professora Gládis, de modo a trazer a lume essa trova temperada pela sabedoria popular:


“Pra viver junto contigo
prefiro viver no mato
tapado de folha seca
crivado de carrapato”.

Nenhum comentário:

Autorretrato

E daí que faz frio? Tenho o fogo do afeto e o calor da minha alma faiscante.