quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Prefeitos cobram pagamento de partos e cirurgias em hospitais de pequeno porte



O Secretário Municipal de Saúde, Carlos Dioner Perez Azambuja, a pedido do Prefeito em exercício Luiz Alberto Perdomo (Bebeto), juntamente com o presidente do L.A.S Hospital Nossa Senhora da Glória Alfeu Fernande Pereira e a gestora da entidade Mariana Araujo , liderou no dia 28 de janeiro, comitiva hervalense  durante reunião na Famurs, em Porto Alegre, que teve como pauta a situação dos Hospitais de Pequeno Porte e Resoluções Estaduais que os afetam diretamente. A agenda foi conduzida pelo prefeito de Chiapetta, Osmar Khun, na sede da Famurs, tendo como objetivo alertar e mobilizar os municípios que tem hospitais de pequeno porte, das dificuldades enfrentadas referente ao não pagamento dos  repasses financeiros por parte do Governo Estadual.

De acordo com o presidente do hospital de Herval, o mesmo contratualizou junto ao Governo Estadual o repasse no valor de R$ 526 mil, o qual não recebeu nenhum valor referente ao contrato. “Precisamos saber qual será a política do governo estadual quanto aos pequenos hospitais, se vai haver investimentos e ampliações, ou se a saúde será tratada nos grandes centros”, afirmou o prefeito.

O presidente da Famurs e prefeito de Tapejara, Seger Menegaz afirmou que a entidade fará um levantamento dos atendimentos nos hospitais de pequeno porte e a partir dai irá protocolar ofício junto a Secretaria Estadual de Saúde solicitando o cumprimento do que foi acordado com os hospitais de pequeno porte. "Precisamos valorizar o atendimento que é prestado nos municípios e evitar a volta da ambulancioterapia", finalizou o presidente.

Integra a comissão os prefeitos de Campo Novo, Antônio Sartori; de Victor Graeff, Claudio Alflen; de Progresso, Edegar Cerbaro; de Saldanha Marinho, Volmar do Amaral e de Jaquari, João Cristofari.

Texto: jornalista Nívea Bilhalva de Oliveira
Publicado originalmente no site da prefeitura: www.herval.rs.gov.br


Nenhum comentário: