Sobre o Blog do Toninho

O Blog busca retratar coisas da vida interiorana e do meu interior, numa abordagem que mistura reflexão, notícias, riso, poesia, musicalidade, transcedentalidade e outras "cositas más". Tudo feito com produções próprias, mas também com a reprodução do pensar ou do sentir dos grandes gênios que o país e a humanidade pariram.

domingo, 22 de setembro de 2013

Seis municípios da Região Sul recebem viaturas de programa de inseminação artificial de bovinos



O governador Tarso Genro entregou nesta quarta-feira (18) seis viaturas do Programa Estadual de Incremento da Qualidade Genética da Pecuária de Carne e de Leite (Dissemina) para as cidades de Pedro Osório, Cerrito, Herval, Piratini, Jaguarão e Canguçu, durante a Interiorização que percorre os municípios da Região Sul.

"Antes, a Metade Sul era tida como esquecida, como problema. Por meio de um programa como este, se cria uma coesão social, beneficiando principalmente os produtores rurais mais pobres. A colaboração do RS no cenário nacional e global hoje dependem dessa região", afirmou Tarso no último compromisso segundo dia de Interiorização.

Na contramão da Europa, disse o governador, que em função da crise tem achatado salários, demitidos funcionários públicos e privados, aqui no Estado e no país se contratam funcionários, há concursos públicos, se dá aumento real aos salários dos trabalhadores e se chega, com as políticas públicas, na população mais empobrecida. 

"E o programa Dissemina tem esse papel. Nós precisávamos pensar uma estratégia que atingisse os pequenos produtores, que levasse até eles tecnologias para aumentar renda e produção", disse, lembrando que a ideia surgiu durante uma Expointer em que ele perguntou ao secretário da Agricultura, Luiz Fernando Mainardi, por que as melhores genéticas vinham dos maiores produtores.

Os veículos utilitários do modelo Fiat Doblo são equipados com um botijão de nitrogênio e um kit de material para a inseminação. O programa, que já tem 212 prefeituras inscritas, é coordenado pela Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária (Fepagro).

Segundo Maianardi, que nesta semana já esteve em oito municípios entregando veículos da primeira etapa do programa, há estimativa de que dos 120 mil produtores de leite do RS pelo menos 40 mil deles não trabalhem com inseminação artificial. "Por isso, assumimos o compromisso, em parceria com a União e com as prefeituras, de chegar nas propriedades e mudar a consciência dos produtores, fazer com que entendam a importância da tecnologia na melhoria de seus rebanhos e da sua carne e do seu leite".

Com a reativação, pela Fepagro, da Central Riograndense de Inseminação Artificial, desmantelada nos últimos 10 anos, pretende-se coletar o sêmen e distribuí-lo, gratuitamente, aos municípios inscritos no Dissemina. Os técnicos das prefeituras estão sendo treinados pela Fepagro e têm responsabilidade de estar junto aos produtores e assentados. "São eles que vão fazer o programa funcionar na prática. Além da melhoria genética dos rebanhos, a inseminação, que não é um processo simples, vai contribuir com a melhoria da gestão das propriedades", afirmou Mainardi.

Na primeira etapa serão 30 municípios que recebem os veículos, num investimento de R$ 1,5 milhão. A previsão é de que, até o final de 2014, mais de 200 cidades contem com o programa, no qual será investido mais de R$ 10 milhões, recursos do Estado e do Governo Federal. 


Texto: Aline Heberlê e Daniel Cóssio
Foto: Caco Argemi/Palácio Piratini 
Edição: Redação Secom (51) 3210.4305


Nenhum comentário:

Música para os meus ouvidos

Viva Cazuza! Viva as canções que tocam as feridas e mostram que a vida é muito mais migalhas, máscaras ou arremedos de vida!