segunda-feira, 3 de outubro de 2016

O progresso continua...



Saio dessa eleição do mesmo modo que entrei: com muito amor no coração, sem raiva nem rancor. Saio também agradecido por tantos gestos de carinho e reconhecimento.

Aos oponentes que me acusaram de estar lutando apenas em causa própria, não tenho nada a dizer. Afinal, o silêncio diz mais que mil palavras, cada um oferece aquilo que possui e minha história de trabalho e sucesso na vida pública falam por si só. Isso tudo dito por eles mesmos antes do período eleitoral, pena que transformam a eleição numa guerra, são acometidos por uma súbita amnésia e perdem completamente o respeito pelas escolhas alheias e até pelos seres humanos que preferem andar por outro caminho.

No passado, já fiz sim oposição ao prefeito ora eleito novamente Rubem, como também já fiz oposição ao PDT em outras eleições e na sua última administração no município. No entanto, também já estive ao lado de Rubem antes, na ocasião em que ainda não exercia militância política e dei a ele meu primeiro voto para prefeito. Também já marchei ao lado desse mesmo PDT que se diz novo, mas segue na mesma toada arrogante de sempre e que agora me escolheu como inimigo. Falo daquela oportunidade em que fomos derrotados nas urnas por apenas 89 votos e, para simplificar as coisas, como prêmio por andar junto, meu partido foi nomeado como o grande culpado por aquela derrota.

A diferença é que mesmo fazendo oposição sempre fui tratado por Rubem de forma fraterna e respeitosa, no plano pessoal e político, e isso para mim quer dizer muita coisa. Lamento não poder dizer o mesmo do outro lado, pelo menos até aqui.

Sempre é tempo de amadurecer e aprender com os erros e derrotas. A vida me deu a chance de reparar algum excesso ou abrandar o julgamento demasiadamente severo que fiz em relação a primeira passagem de Rubem pela prefeitura e eu, homem de diálogo e da soma de forças que busco ser, tratei de não desperdiçar essa chance, pois a vida sempre segue e pede o entendimento daqueles que buscam o melhor e algo que vá além de si. Não levo nenhuma discussão política para o terreno pessoal. Luto pelo melhor para Herval e nesse ponto eu e Rubem sempre estivemos e continuaremos juntos.

Portanto, que o PDT de Herval que segue vivo e aceso com a eleição de 4 vereadores aprenda a respeitar para ser respeitado. Aprenda a conquistar, no lugar de afastar ou querer ganhar as pessoas pela força. Aprenda que não é o dono da verdade e muito menos da vontade de ninguém. Não precisa ser profeta nem entender muito de política para saber que, se continuarem por essa trilha do atraso que se pinta de novo apenas por fora, vão seguir colecionando derrotas e mais derrotas, perdas e mais perdas.

Viva Herval! Viva o progresso que chegou e não pode mais se perder pelo meio do caminho! E quando falo em progresso, falo em termos de gestão, mas também dos gestos de grandeza entre as pessoas e, Rubem e eu, talvez sejamos exemplo e símbolo disso. 

Boa vitória à coligação Juntos Para Fazer Mais e um beijo no coração de cada uma e cada um!

Nenhum comentário: